quinta-feira, 24 de maio de 2012

Como se come na Assembleia da República



O Má Despesa já esteve a consultar o caderno de encargos do concurso para o fornecimento de refeições na Assembleia da República (AR) e encontrou várias pérolas, incluindo o facto de o documento ir alertando para a grafia pré e  pós-Acordo Ortográfico.
Um leitor já tinha chamado a atenção para o facto da ementa constituir “o critério mais importante na avaliação e subsequente selecção do fornecedor das refeições. Esta avaliação é feita tendo por base os tipos de produtos constituintes da refeição, sendo a ementa mais valorizada se dela fizerem parte os seguintes produtos: Perdiz, lebre, pombo torcaz, rola e similares, Lombo de novilho, Lombo de vitela, Lombo ou lombinho de porco preto (bolota) e Camarão/gamba grande (24 por Kg ou maior)”.

Que contrato é este?
“O contrato tem por objeto o fornecimento de refeições no refeitório e no restaurante do Palácio de S. Bento e a exploração de cafetarias da Assembleia da República, o fornecimento de café e chá nas reuniões de Comissões, ou outras que ocorram na Assembleia da República e, bem assim, o fornecimento de bebidas, produtos de pastelaria, salgados habituais, canapés e fruta nos coffee breaks, em quantidades e condições estabelecidas no presente Caderno de Encargos.”

A AR tem um restaurante para 10 almoços por dia!
A AR tem um restaurante e um refeitório. Tirando os dias de plenário, o restaurante da AR serve apenas 10 refeições por dia  A maioria das refeições são servidas no refeitório. “Durante o ano de
2011 no refeitório foram servidas, em média 280 refeições diárias, e no restaurante cerca de 40 nos dias de reunião plenária (quarta, quinta e sextas feiras) e 10 nos restantes dias.”

Cinco pratos à escolha no refeitório
Segundo o caderno de encargos, no refeitório terá de ser servida:
“-Sopa: normal e dieta (obrigatoriamente elaborada com base em nvegetais frescos e/ou congelados, sendo proibido o uso de bases pré-preparadas. São admissíveis sopas com elementos proteicos uma vez por semana – sopa de peixe, canja de galinha, etc.)
-Carne, peixe, dieta, opção, Bitoque;
-Pão, integral ou de mistura;
-Salada;
-Sobremesas incluindo, no mínimo, 4 variedades de fruta e 4 de doces/bolos/sorvete, além de maçã assada e salada de frutas.”

Mas há mais:
“- uma mesa com complementos frios (saladas), com no mínimo 8 variedades entre as quais se incluem, obrigatoriamente, tomate, alface e cenoura, além de molhos e temperos variados;
- uma mesa com um prato vegetariano e mais 4 componentes quentes vegetarianos (cereais, leguminosas e legumes).”

Curiosidades sobre ingredientes
Café: “O café para serviço nas Cafetarias deverá ser de 1ª qualidade, em grão para moagem local, observando lotes que incluam um mínimo de 50% de “arábica” na sua composição.”
Bacalhau: “O Bacalhau deverá ser obrigatoriamente da espécie Cod Gadusm morhua. Pode apresentar-se seco para demolha, fresco ou demolhado ultracongelado, observando-se como tamanho mínimo 1 Kg (“crescido”), para confecções prevendo “desfiados” (à Brás, com natas ou similares) ou 2 Kg (“graúdo”) para confecções “à posta”.
“Carnes de Aves:
“Peru (inteiro em carcaças limpas com peso superior a 5 Kg, coxas, bifes obtidos exclusivamente por corte dos músculos peitorais). Frango (inteiro em carcaças limpas com peso aproximado 1,2 Kg, coxas e antecoxas, bifes obtidos exclusivamente por corte dos músculos peitorais).
Pato”
A informação consta das fichas técnicas dos ingredientes pretendidos.

E qual o critério de adjudicação?
Determinante para vencer o concurso é mesmo a qualidade e variedade da ementa.
“1 - A adjudicação é feita segundo o critério da proposta economicamente mais vantajosa, pela
aplicação dos seguintes fatores:
a) Qualidade e variedade das ementas apresentadas. Nível qualitativo das matérias-primas indicadas nas respetivas fichas técnicas: 50%;
b) Preço da refeição: 30%;
c) Preço do encargo fixo com o pessoal das cafetarias e manutenção: 20%.”


61 comentários:

  1. Enquanto o povo é roubado e passa fome, estes fulano vivem à grande e alguns (PCP, BE e Verdes), ainda tem a distinta lata de dizerem que defendem o povo. Todos querem é uma fatia do bolo, seja a que preço for e doa a quem doer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem disse ao senhor que esses vão lá? Quem preenche o maior número? Quem decidiu que assim fosse? Anda esquecido quem é o governo...vai daí preocuparam-se só em pôr a mesa ao PCP, BE e verdes! Cresça que já tem dentes!

      Eliminar
    2. Zelia parece qu ficou com dores, poisvdeender alguem que nao faz nada por nos eio e pelos vistos a sr deve ter dentadura pustica, veja os estados onde esses sr mandam e veja como a populacao vive ja tem idade para ter juizinho

      Eliminar
    3. Sem duvida que a Zelia,(se este for o seu verdadeiro nome) esta armada em puritana, provavelmente tambem faz parte desta corja e tambem la vai comer ou não?
      Deixe-se de falsas modestias e hipocrisias e reconheça que isto é uma vergonha quando temos milhares de pessoas á espera que alguem lhes leve uma sopa a casa para não morrerem á fome, como é o caso dos idosos que comtribuiram para o crescimento deste país e agora estão abandonados.
      Não seja HIPOCRITA, e faça algo pelo seu Pais, mais que não seja denunciando

      Eliminar
    4. Agora para além de ser o estado a engordar, também os parasitas da assembleia o fazem, do bom e do melhor, enquanto o "Resto"vive no limiar da pobreza. Tomara que fiquem com uma congestão. Já agora sugerimos o bacalhau Gadus morhua, em detrimento de umas irrisórias pensõezitas... pois eles são todos uma cambada de bois!

      Eliminar
    5. Que eu saiba, não são o PCP, o BLOCO ou os Verdes que exploram a Cantina... Por que diabo querem culpar os 3 Partidos dessa situação, se eles nem fazem parte do Governo?!... Tenham juízo! Todas as oportunidades são "boas" para destilarem "veneno", meus Senhores. Tenham um bom domingo.

      Eliminar
    6. Para a LEONISA- PITONIZA, Com o devido respeito pelo seu parecer, só tenho a dizer que ainda não vi..... o BE, o PCP e os VERDES, reclamarem o que se esta a passar nas cantinas e restaurante, porque será??? se reclamam tudo que seja acções do Governo, porque não???? O que eu acho é que esta POVA que aqui escreve são uma cambada de invejosos á boa maneira TUGA.

      Eliminar
    7. Meus amigos...tenham calma. A rapaziada da AR tem que estar bem alimentada, sejam do Bloco ou do PSD. Vocês vêm a forma como somos tratados, estando eles empanturrados com as iguarias que lhes são servidas, imaginem o que seria a nossa vida se os meninos estivessem mal alimentados!!! A minha esperança é que um dia destes estas mordomias acabem de vez. Se quiserem comer levem de casa a marmita como os outros milhões que trabalham para lhes pagar a vidinha boa. Á senhora que se insurgiu por alguém ter metido a "esquerda" no mesmo barco.....minha senhora, eles estão no mesmo barco, vamos deixar-nos de hipocrisias, as mordomias podem até ser votadas pela maioria, o que é facto é que a minoria, no final do dia, acaba por também usufruir. Não vi nenhum deputado da "esquerda" abdicar das mordomias a que "tem direito". Falam, falam mas não fazem nada quando é para pôr em risco as benesses. E nós é que estamos errados?!?!

      Eliminar
    8. Uma coisa é verdade indiscutível - PCP/VERDES e BE ficam muito mal na fotografia. Têm a obrigação moral e ideológica de combater até à exaustão este tipo de pouca vergonha e desrespeito para com o povo. É triste que não o tenham feito e isso só agrava mais as coisas porque servindo de arma de arremesso contra estes partidos só contribui para que o centrão continue a encher o papo, desfilando para as urnas em corridas a 2 com o CDS a posicionar-se num espaço de conforto que lhes retirou qq desejo de fazer oposição. É triste a irresponsabilidade política e mais triste são os seus resultados. Contudo, continuo a achar que os principais responsáveis são os 2/3 partidos que continuamente formam executivos e disso tb não nos podemos esquecer.

      Eliminar
  2. Faz o que eu digo, não faças o que eu faço

    ResponderEliminar
  3. Dário, por acaso sabe a posição do PCP, BE e Verdes perante esta matéria? É que não sendo de nenhum destes partidos e não tendo visto nenhuma votação na AR sobre o assunto, não posso concordar que atribua uma "distinta lata" a partidos que, nunca estando no poder e nunca tendo controlado a AR, nenhum peso teriam num caderno de encargos deste género.
    O que é facto e isso sim é lamentável é que os portugueses elejam sempre gajos do "arco do poder", que depois lhes pagam com este tipo de medidas em tempo de vacas anoréticas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já agora gostaria de saber então qual era a posição do PCP, BE e Verdes... É QUE EU NUNCA OUVI NENHUMA INTERVENÇÃO, DOS GRUPOS PARLAMENTARES E/OU DOS PARTIDOS (TODOS ELES)CONTRA ESTAS BENESSES!!!!
      Já para não falar dos Subsídios de Férias e de Natal dos Deputados... é que parece que eles vão mesmo receber o "dinheirinho"... só com outro nome!!!... Até têm razão... a verba existe no Orçamento da Assembleia da República que foi aprovado... POR UNANIMIDADE???? ... depois da lei que corta/rouba os subsídios aos Funcionários Públicos!!!... Certo.... Já sei que haverá quem argumente que os Deputados não são Funcionários Públicos mas sim defensores da Res Publica!!!!

      Eliminar
    2. Os deputados da AR do PCP, como todos os eleitos pelo PCP para cargos públicos, incluindo os deputados ao parlamento europeu, não auferem um rendimento superior ao que ganhariam na sua profissão. I.e., a grande maioria deles entregam a diferença ao PCP. O mesmo sucede com os representantes do PCP nas mesas de voto, durante as eleições. Enquanto vários partidos recrutam jovens despolitizados acenando com o cheque e a despensa de trabalho do dia a seguir ao acto eleitoral, os representantes do PCP comprometem-se a endossar o cheque ao PCP

      Eliminar
    3. O preço a pagar pela nossa participação na politica, é sermos governados por quem é inferior.Platão. Esta frase continua valida e será válida até ao fim dos tempos, pois a dor só doi a quem a tem. M.O.

      Eliminar
    4. S a esquerda mentirosa e hipócrita fosse a favor do POVO, já tinham votado contra as pensões VITALÍCIAs e RECUSADO um conjunto de benesses VERGONHOSAS que eles e TODOS os dos partidos têm. Porquê que não votam a diminuição do nº de deputados? Ahhhhh ...

      Eliminar
    5. Votar contra quem? Contra maiorias absolutas? Não sejam idiotas!!!

      Eliminar
    6. andrá, e que tenho eu a haver com que os deputados do pcp entreguem um determinado valor do seu rendimento ao pcp?
      Aliás....o deputado do PCP é pago com dinheiro do contribuinte....quem disse que eu queria que o meu funcionário (pq os deputados trabalham para nós portugueses), desse uma parte do que eu lhe pago?
      É claro que cada um faz o que quer com o que ganha...se os deputados do PCP querem dar ao partido... PROBLEMA DELES.

      Certo é que nestas situações de previlégos, a esquerda tb anda caladinha pq come no mesmo prato e quem os defende cegamente, anda a ser comido por parvos.....

      Eliminar
    7. Esses Vampiros , continuam a engordar á conta do povo e das suas dificuldades.
      Será que as "Barrigas" desses Parasitas são diferentes daqueles que descontam para eles.

      Nota: Esqueceram de incluir o "Faisão" que faz parte dos hábitos alimentares da Monarquia.

      Ass.
      Chefe Michele(procuro emprego e alimentação similar á da asssembleia)caso necessitem de cozinheiro, pois de momento só vivo da caridade e das promoções das grandes superfícies.

      Eliminar
  4. Cambada de xupistas estes deputados! Os partidos politicos são o maior cancro de Portugal

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São todos iguais não é?!... santa ignorância!

      Eliminar
    2. a direita, ressaibiada pela política de passos coelho, lança o seu ódio contra a esquerda...é normal...já assim foi nos anos 30 na alemanha...

      Eliminar
  5. QUANDO NÃO TIVER PARA COMER, JÁ SEI ONDE IR. AFINAL TAMBÉM CONTRIBUO PARA ISSO....

    ResponderEliminar
  6. É vergonhoso!!! É escabroso!!! É um atentado ao nosso País e às pessoas que passam fome!!! Que raio de políticos temos nós???

    ResponderEliminar
  7. Já agora gostava de saber se os deputados pagam a totalidade do seu subsídio de refeição por tal repast!! è que eu tenho de pagar na cantina da escola a totalidade do meu mísero subsídio por uma refeição que aos alunos fica por 1/5 do valor que pago mas comem a mesma dose, a mesma qualidade e eu ainda tenho de comer sob um barulho ensurdecedor!!!

    ResponderEliminar
  8. Condiz perfeitamente com o momento de crise que estamos a viver, os nossos deputados estão tambem a viver muito abaixo das suas posses, assim os Portugueses podem confiar que vamos sair o mais rápido possível da crise.

    ResponderEliminar
  9. Importante é que se saiba que nem todos os que trabalham na AR são deputados, nem todos ganham ordenados bons e que, no refeitório dos funcionários não há luxos nem essa qualidade apregoada e criticada! Não é tudo farinha do mesmo saco!!!!

    ResponderEliminar
  10. Para o anónimo das 17:44: então mas a assembleia tem 2 refeitórios e 1 restaurante, afinal?

    ResponderEliminar
  11. Para o anónimo das 17:44:

    Mas os funcionários de certeza que não têm acesso aos restaurantes de luxo. Está a tentar defender quem? Além disso isto é uma história com barbas.

    ResponderEliminar
  12. Cada vez mais tenho nojo dos politicos do meu País,isto é um atentado ao povo,á pessoas a passar fome (familias)

    ResponderEliminar
  13. Sejam eles quem forem, enquanto não forem sérios e credíveis jamais voltarei a votar. Pagarei os impostos porque sou honesta e não quero descer ao nível dessa cambada de inúteis, mas só irei às urnas para fazer uns chifrinhos a todos eles, como o outro!Deviamos exigir a redução dos seus salários em 30% e outras tantas "regalias" a esses imbecis! Afinal, além da miséria em que nos colocam que fazem 230 paspalhos ali juntos, quando lá vão, obviamente! E que me dizem das irresponsaveis chefias que por aí andam espalhadas?! Para que servem? Muitas delas nãoo têm nem competencia técnica nem perfil de liderança. Podiamos mandá-las cavar batatas, não?! O país melhorava num instante se não houvesse tantas nódoas dessas no tecido público...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É por essas opções de deixar de votar, que permitem que outros escolham por si, pelo contrário, vá votar mas vote em branco se não concorda com nenhum, pois se a abstenção votasse em branco as coisas eram vistas de forma diferente e os partidos não faziam o que querem...

      Eliminar
    2. Por acaso sabe o que fazem os borregos no campo? Eu digo-lhe ! Andam todos atras uns dos outros, é exatamente aquilo que você faz... Nessa cabeça existe muita ingenuidade. Aquilo que falta neste país é uma contra corrente, não falo de esquerda nem de direita pois isso já não existe, os ditadores sem rosto (os mercados) trataram de destruir a diversidade e vocês foram todos na conversa, à pressa... comprar todo quanto os mercados vos impingiram e agora andam tesos como os toxicodependentes...

      Eliminar
  14. Um aplauso para o Dario. É verdade que quando se trata de mamar da teta do erário publico os pcps e os bes não ficam a dever nada aos grandes mestres que são os psds e os pss, Aliás, viu-se bem isso quando foi da discussão da lei do financiamento dos partidos. E agora, na livro da Má Despesa Pública lá estão as autarquias do PCP. Quando tocar a correr com eles é para correr com TODOS.

    ResponderEliminar
  15. Só um esclarecimento. Uma refeição no restaurante a que se refere o artigo tem um custo aproximado de 30/35 euros mais bebidas, para qualquer pessoa. Não sei se está directamente aberto ao público em geral, mas penso que pode ser frequentado pelas pessoas que visitam o parlamento. Todavia este facto não diminui a responsabilidade do governo (e do próprio estado e de cada uma das pessoas que nele trabalham) da má péssima gestão que fazem do dinheiro público.

    ResponderEliminar
  16. So ha duas formas ou a bem ou a mal.... parece que a bem esta mais que esgotado!

    ResponderEliminar
  17. O café de 1.ª qualidade a que se refere o artigo é da marca CAFÉ K ... se alguém conhecer esta excelente qualidade pode vir cá degustar que eu convido LOL (mas não bebo pq esta 1.ª qualidade é mesmo horrível). já agora há tascos nas redondezas em que se almoça melhor e mais barato... é só procurar! MC

    ResponderEliminar
  18. Sim... e eles dizem: Portugueses estamos em crise e aí vêm mais taxas, mais cortes, mais desemprego! Agora pergunto... porque será???

    ResponderEliminar
  19. É uma roubalheira e atentado à pobreza envergonhada que graça no nosso país. De lamentar ainda mais o tipo de comentários que se seguem que personalizando as mazelas no partido A ou B, como se de competição de futebol se tratasse, desviam-se as atenções do essencial (não sei se de propósito), e saindo os culpados incólumes. É o país que temos infelizmente, nem existe massa crítica digna.

    ResponderEliminar
  20. partido A, partido B? quem perguntou isso? se ainda havia dúvidas, só se evidencia cada vez mais q as diferenças entre eles é só nos nomes próprios, os objectivos e a práctica da conduta, esses não são tão diferentes assim.
    o facto é que, estará lá disponivel sempre fresquinho e da melhor qldd, Bacalhau, carninha, peixinho, "normnal" de "dieta".....não falta nada.
    a fome existe e é cada vez mais real, em pessoas iguais a mim e a si!
    Filipe Mata

    ResponderEliminar
  21. CADA UM TEM AQUILO QUE MERECE,AFINAL ELES ESTÃO LÁ(ASSEMBLEIA) PORQUE LÁ FORAM COLOCADOS,PORQUE É QUE EM VEZ DE SE CRITICAR NÃO APARECE UM MALUCO (SUICIDA)E NUMA QUINTA FEIRA QUANDO SUPOSTAMENTE LÁ ESTÃO MAIS DEPUTADOS REBENTA COM AQUILO TUDO,ASSIM COMEÇÁVAMOS TUDO DE NOVO POIS NÃO VALE A PENA MUDAR DE GOVERNOS QUANDO TODA A GENTE SABE QUE O QUE MUDA SÃO AS CARAS E A VERGONHA PERSISTE.
    CONTINUO A ACHAR QUE SOMOS UM POVO OPTIMISTA DE MAIS, GOSTAMOS TODOS DE SER COMIDOS E ELES A ENCHER O FATO,MESMO ASSIM AINDA ANDAMOS A SORRIR.

    ResponderEliminar
  22. Os deputados do PCP, BE e PEV, PEV que se concorresse sózinho nunca teria deputados eleitos, chama-se a isto parasitismo, vão ser todos canonizados, enquanto isso, não existem direitos humanos, que eles tanto apregoam, nos paises governados com esta ideologia politica. E isto em...

    ResponderEliminar
  23. como podemos nós admitir que falte comida nas cantinas sociais, quando vemos este desperdicio na cantina da Assembleia da Republica????

    ResponderEliminar
  24. Minhas senhoras e meus senhores, vou procurar fugir à demagogia fácil com o meu comentário. Não partilho a opinião um bocado serôdia, de que um deputado para o ser tem que comer sandes e salgados. Agora aquele caderno de encargos para os fornecimentos de refeições na Assembleia, é de certa fora atentatório da decência social, numa altura de tantas dificuldades para tanta gente.....Não poderiam "papar" aquilo que se come num vulgar refeitório de um Ministério ou de uma escola pública????.....Depois à noite comiam mais qualquer coisinha no "Gambrinus" por exemplo. E aquela esquerda "prá frentex", quando vamos a "esmiuçar" os hábitos, vivem como bons burgueses e não abdicam disso......Quanto aos comunistas entregarem uma parte para o partido, é apenas uma capa, que esconde a falta de liberdade individual, eles não se podem manifestar pelo que pensam, mas sim pelo que dão ao partido, mesmo que não seja o que interessa ao povo. Ou voçês julgam que eles não sonham com o assalto ao poder????......Não se lembram como foi em 75, quando tinhas armas?????......

    ResponderEliminar
  25. Não estou a perceber qual é o problema de se servir seja o que for num restaurante ou cantina seja onde for, na medida em que são os clientes que pagam o preço da refeição. Cada restaurante é livre de vender o que quiser, ao preço que entender, e os clientes são livres de consumir lá ou não, pagando o preço devido.
    Isto não tem nada a ver com despesa pública, pelo que não entendo a relevancia da questão por outro motivo que não seja o da mais pura e básica demagogia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai, e tu podes ir lá, à assembleia, sobrinho, nepote de algum padrinho ?

      Eliminar
  26. A familia "Anónimo", está cada vez maior. Sinais da democracia?

    ResponderEliminar
  27. Porque não no dia 26 de Dezembro, irmos todos (os Portugueses)
    almoçar á Assembleia da Republica, afinal somos nós que pagamos.... ou não!!!

    ResponderEliminar
  28. Sreá que não há um MÚSICO com coragem para tocar o TANGO DOS BARBUDOS naquela assembleia? Chamam a istyo democracia? acham que se os governantes fossem competentes precisavam de tantos acessores? Eles F. . . . o povo à força toda, e depois do mandato tem TACHO garantido numa grande empresa ou banco. Vejam só a vergonha dos colégios GPS.

    ResponderEliminar
  29. Não sejam simples. E os GNRs, empregados de limpeza, todo o pessoal, não podem comer a 4,9 euros. Não é só deputados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como diz o ditado; na primaria quem quer cai,nas seguintes cai quem quer.Meus amigos o que é preciso é o povo não comparecer nas eleiçoes. Gostava de ver o que seria se só 10% dos eleitores votassem

      Eliminar
    2. Sabes o que acontecia? Acabavam com a representação democrática, tipo o que aconteceu durante a implantação do Estado Novo...se não votam, porque termos de nos sujeitar a ir às urnas? É o tipo de pensamento encapotado que pode acabar com as nossas liberdades.Votar em branco sim, abstenção não

      Eliminar
  30. Pois é... vocês masturbam-se todos com estes temas, mas quando chegam as eleições, certamente que a maioria lá vai ordeirinha votar como um rebanho encantado por serpentes, que teimam em dizer que vivemos numa democracia...

    ResponderEliminar
  31. E ainda dizem que o exempolo deve vir da Casa da Democracia...

    ResponderEliminar
  32. É vergonhoso. Urge pedir revisão desta emenda e ajustá-la às medidas de auteridade. O exemplo tem que vir da Casa da Democracia. Urge REVER estes gastos. Deve existir equidade ... não pdoe ser só o povo a pagar a crise.

    ResponderEliminar
  33. Creio que já venho tarde. O que mais me preocupa é quem paga a diferença do VALOR REAL da refeição do PARCO VALOR liquidado pelos politicos. De certeza que a empresa fornecedora não vende as refeições ao preço que os comensais pagam. O resto paisagem
    Antonio Antunes
    Reformado

    ResponderEliminar
  34. Acho que este povo que é quem mais "ordenha", desprovido de massa crítica, deveria de perguntar a si mesmo, porque razão sendo nós uma sociedade ou país com dez milhões de habitantes, temos de sustentar um parlamento com quase trezentos deputados. O mesmo número existente num outro parlamento europeu, inserido numa sociedade de sessenta milhões de habitantes, cujo país é a Itália. Façam o favor de acordar da letargia vigente e questionem, acordem... Cambada de eunucos !!!!

    ResponderEliminar
  35. Uma vergonha. Ainda vem esta gente parasitária pedir sacrifícios. Que classe mais privilegiada dos país e ainda querem tirar direitos aos trabalhadores.

    ResponderEliminar
  36. Lidos recados à direita e esquerda, sabido é que quem manda e dispõe naquela assembleia, como na cantina, é a seita de padrinhos e nepotes que por maioria o pobo atrasado elege, regularmente, desde o Salazar, ou não? E se lá f... todos, pobres, também, então .

    ResponderEliminar
  37. Leiam nestes links e vejam como o orçamento dá tudo a uns e tira aos outros. Por isso que não tiram a palavra «democracia» da boca, para os papalvos acreditarem e se resignarem.

    Quem realmente quiser saber como se estabelece e promove a desigualdade em Portugal, procure e leia o D.R., 1.ª Série, n.º 226, de 21-11-2013, relativo ao orçamento de 2014, e o D.R., 1.ª Série, n.º 222, de 16-11-2012, relativamente ao orçamento de 2013.

    ResponderEliminar
  38. Can you ask for a doggy bag?!!!

    ResponderEliminar