segunda-feira, 4 de novembro de 2013

A diferença entre a Lisboa das fotografias e a real

Quem vive em Lisboa deve lembrar-se dos cartazes, da autoria do Alfaitate Lisboeta, que a Câmara Municipal espalhou pela cidade em 2012. Tratava-se da campanha "Lisboa somos nós", para gerar um ânimo positivo entre os cidadãos a um ano eleições. Como na altura contava o blogger, “todas estas imagens (onze no total) são fotografias que já tinham uma existência pré-campanha. São pessoas que um dia tiveram o azar ou a sorte de se cruzarem com um tipo que lhes sugeriu uma fotografia”. O certo é que a Câmara pagou por essa campanha 20 mil euros.
Um ano volvido, vem aí outra campanha, desta feita sobre “A cidade, a infância e juventude das nossas gentes", também adjudicada ao fotógrafo de Queluz. Preço: 19.750 euros por mais uma versão sorridente da capital portuguesa.

O Má Despesa propõe que a próxima campanha da Câmara seja dedicada ao lixo nas ruas. Também faz parte da cidade e está em todo o lado. Residentes e turistas não hesitam em apontá-lo como um ícone da capital. Merece ser visto e partilhado. As fotos até podem ser retiradas daqui.

Como é que as Câmaras Municipais gastam o nosso dinheiro?

2 comentários:

  1. No sábado vi este artigo no Expresso, reproduzido depois no jornal digital Diário da Região: http://diariododistrito.pt/index.php?mact=News,cntnt01,detail,0&cntnt01articleid=1267&cntnt01returnid=84
    Porque não fazer um post sobre o assunto?

    ResponderEliminar
  2. No sábado vi este artigo no Expresso, reproduzido depois no jornal digital Diário do Distrito: http://diariododistrito.pt/index.php?mact=News,cntnt01,detail,0&cntnt01articleid=1267&cntnt01returnid=84
    Porque não fazer um post sobre o assunto?

    ResponderEliminar